ALEXANDRE GAUDÊNCIO

BIOGRAFIA

Alexandre Branco Gaudêncio nasceu a 16 de fevereiro de 1983 na freguesia da Ribeira Seca e atualmente reside na Ribeirinha. É casado e tem dois filhos.

Fez os estudos primários na Escola Madre Teresa d’Anunciada, o 2º e 3º ciclo na Escola 2/3 Gaspar Frutuoso e o ensino secundário na Escola Secundária da Ribeira Grande.

Ingressou na Universidade dos Açores em 2001 e licenciou-se em Gestão/Informática, no departamento de Economia e Gestão, em 2005. Tem ainda um mestrado em Ciências Empresarias, concluído em 2009, pela mesma Universidade.

Desde 2004 que é profissional de seguros, tendo começado a sua carreia como técnico comercial numa sucursal na Ribeira Grande, e foi responsável pela rede bancária, da mesma empresa, a nível regional.

Cedo se interessou por movimentos associativos. Ingressou nos Escoteiros (Grupo 111 da Associação de Escoteiros de Portugal) com apenas 8 anos de idade, tendo chegado a Escoteiro Chefe Regional Adjunto e foi um dos fundadores da Associação Cultural e Recreativa Alvorada de São Pedro.

Foi ainda catequista na paróquia da Ribeira Seca, de 2001 a 2006, mordomo das festas do Sagrado Coração de Jesus, na mesma freguesia em 2008, e vice-presidente da Casa do Povo da Ribeira Grande.

A cultura e o desporto também sempre fizeram parte da sua vida. Ingressou na Academia de Música da Ribeira Grande com 7 anos de idade, para aprender a tocar violino. Integrou mais tarde o Conservatório Regional de Música de Ponta Delgada, onde concluiu o 5º grau no violino e em formação musical. Foi depois maestro na Tuna Académica da Universidade dos Açores (T.A.U.A.) e atualmente é elemento do Grupo de Cantares da Casa do Povo da Ribeirinha.

No desporto, foi atleta do Sporting Clube Ideal, desde os Iniciados até aos Juniores, tendo sido capitão de equipa em vários escalões. Foi ainda vice-presidente da direção daquele clube, de 2008 a 2010. Foi ainda jogador do Grupo Desportivo da Casa do Povo da Ribeira Grande.

Na literatura já foi galardoado com alguns prémios, nomeadamente o 2º lugar em Jogos Florais com apenas 8 anos de idade, 1º lugar no concurso “Contos e Poemas de Natal”, realizado na Escola Secundária da Ribeira Grande em 1997 e 1998 e 2º lugar em 1999. A nível nacional venceu o 7º Concurso Nacional de Jornalismo Juvenil em 1998 e o prémio “Ferreira de Castro” em 2003.

É autor dos livros Murmúrio de Sentimentos, lançado em 2001, Alampas e Cavalhadas de São Pedro, lançado em 2003 e Padre Edmundo Pacheco – Histórias de um Ribeiragrandense, lançado em 2012.

Na política, ingressou como militante no Partido Social Democrata em 2001, tendo fundado o núcleo da JSD na freguesia da Ribeira Seca. Foi depois presidente da JSD/Ribeira Grande até 2010, presidente da JSD/São Miguel e vice-presidente da JSD/Açores até 2009, tendo sido também membro da Comissão Política Regional do PSD e secretário-geral do PSD/Açores, eleito em congresso regional em janeiro de 2013. Atualmente é vice-presidente do PSD Açores e presidente do PSD São Miguel.

Nos órgãos públicos foi eleito secretário da Assembleia de Freguesia da Ribeira Seca no mandato de 2005 a 2009 e deputado municipal pelo Partido Social Democrata na Assembleia Municipal da Ribeira Grande.

Desde 2013 é presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande.